Quem traz os presentes de Natal? o Papai Noel, o Nicolau ou o Menino Cristo? (Der Weihnachtsmann, der Nikolaus oder das Christkind – Wer bringt die Geschenke zu Weihnachten?)

Deixe um comentário Padrão

Por: M. Fábia P. V. Willems

Quem traz os presentes de Natal?

Aquele velhinho simpático do Pólo Norte que vem de trenó do céu. Certo? Bem, há quem diga que não e afirma que podem ser outras duas pessoas. Veja só quem são elas e tire suas próprias conclusões, aproveitando a oportunidade para aprender algumas palavras natalinas em alemão.

As crianças brasileiras acreditam no Papai Noel e que ele os observa o ano inteiro. Se forem bonzinhos receberão os desejados presentes na noite do dia 24 de dezembro.

Os pequenos portugueses também acreditam no bom velhinho que chamam de Pai Noel.
Já os alemãezinhos, dividem opiniões. Para eles há três possibilidades:

  • o Papai Noel, chamado pelos portugueses de Pai Noel ou Pai Natal (der Weihnachtsmann),
  • o Nicolau (der Nikolaus) eou m
  • Menino Jesus, também chamado de o “Menino Cristo”, em tradução livre (das Christkind).

Mas como pode isso? Entenda agora a origem desta tradição.

Vamos começar a entender quem traz os presentes para a criançada desde os tempos antigos.

O Nicolaus (der Nicolaus)

No século III, nascia o menino Nicolau na atual Turquia. Sua família era muito rica.

Quando seus pais faleceram, ele herdou a grande fortuna e resolveu dividi-la com os necessitados. Presenteava crianças pobres e ajudava moças com dotes para que pudessem se casar, fugindo assim da miséria e da prostituição. Há quem afirme que ele chegou a doar três bolas de ouro a três irmã!

Quem precisasse de ajuda, podia contar com essa boa alma. Acabou tornou-se, no século IV, o Bispo de Mira e ajudando ainda mais pessoas em desespero. Dizem que fazia até milagres.

No dia 6 de dezembro de 345, o bom Nicolau faleceu e, tempos depois, foi canonizado, tornando-se o Santo Nicolau (der Heilige Nikolaus), o padroeiro das crianças, viajantes e marinheiros (Schutzpatron der Kinder, Reisenden und Seeleute). Também tornou-se o santo padroeiro  é o da Rússia, Grécia e Noruega.

Aleksa Petrov: Russische Ikone, 1294

Ökumenisches Heiligenlexikon

Foi assim que ele ficou conhecido pelo mundo e o dia de sua morte escolhido para ser o dia de presentear as pessoas.

Só lembrando, neste tempo, as crianças recebiam só frutas e doces! Bem mais tarde, lá pelo século XIX é que surgiriam os presentes caros.

O Menino Cristo (das Christkind)

No século XVI, acontecia a Reforma Protestante na Alemanha. Martinho Lutero (em alemão, Martin Luther) era um monge que achava a igreja agia errado por permitir a compra do perdão de pecados, as chamadas indulgências.

Ele defendia os ensinamentos de Jesus Cristo, isto é, que a salvação não estaria à venda, já que o perdão dos pecados só poderia vir de Deus e isso só aconteceria quando houvesse um profundo arrependimento de quem o cometeu em vida. Dizia também que o ato de poder comprar o perdão para si ou para familiares mortos, que poderiam estar no inferno,  evitava atos de misericórdia para com os pobres.

Acabou escrevendo-as em 95 teses. Defendeu-as na Universidade de Wittenberg e pregando-as da porta da Igreja do Castelo de Wittenberg , sendo imprimidas e distribuída por todas as regiões.

Outros religiosos e pessoas comuns que com ele concordavam, resolveram segui-lo, fato que dividiria os cristãos europeus entre católicos e protestantes (isto é, evangélicos).

Lutero não via sentido presentear as crianças dia 6 de dezembro, uma tradição católica, por isso, mudou esta data e criou a figura do Menino Cristo (das Christkind, em alemão), inspirado no nascimento do Menino Jesus. Iniciou a entregar dos presentes (em alemão, die Bescherung) no dia 25 de dezembro por considerá-lo o Dia de Natal (der Weihnachtstag).

Mais tarde, algumas pessoas começaram misturar a imagem do Menino Jesus com a de um anjo, dando-lhe asas. Em seguida, transformaram a figura natalina uma menina com aparência de fada.

Veja só como a firma de brinquedos Playmobil ilustra a “Criança Cristo” e o Santo Nicolaus:

http://media.playmobil.com/i/playmobil/4887_product_box_front

St. Nikolaus und Christkind – Produktnr.: 4887

Foi assim que a tradição se espalhou e até muitos católicos alemães começaram a dizer às crianças que é o Chritkind quem traz os presentes.

Ah… ideia de montar um Presépio também vem destes tempos.

O Papai Noel (der Weihnachtsmann)

Já o Papai Noel é uma invenção moderna e conhecido mundo afora, mas quem é ele realmente?

A figura de homem bom e presenteador popularizou-se e, no século XVII, ela apareceria até numa poesia de um alemão famoso chamado Hoffmann von Fallersleben, popularizando-se também no mundo literário.

No século XIX, o alemão Thomas Nast teria criado a figura de um Papai Noel para a revista norte-americana Harper´s Weekly 

Mais tarde, os americanos comercializaram o Natal e, por influencia de imigrantes holandeses, difundiram a entrega dos presentes já no dia 24, isto é, na Noite de Natal (Weihnachtsabend).

Depois da divulgação de muitos filmes e canções com histórias emocionantes, o mundo praticamente se americanizou.

Haddom Sandblon teve uma ideia genial de marketing em 1931 para a empresa Coca-Cola: colocar  “Santa Claus”, como eles chamam o Papai Noel, com uma roupa especial vermelha e branca.

Nikolaus von Coca-Cola-Zeichner Haddon Sundblom nach dem Vorbild von Cola-Verkäufer Lou Prentice, 1939

Santa Claus – Coca-Cola – Haddon Sundblom, Lou Prentice, 1939  The Coca-Cola Company

Ele estaria em Shopping-Centers, viria do céu em seu trenó com seus presentes e divulgaria, assim, também o principal produto da empresa. Até um caminhão vermelho todo iluminado circula hoje em dia por algumas capitais mundiais.

E você?

Quando comemora o Natal?

Em qual desses três você acredita ou acreditou um dia?

Bem, seja qual for sua resposta, não deixe de ler nossos outros artigos sobre o Natal 😉

Seja feliz e não deixe o verdadeiro sentido do Natal morrer!

Qual é ele mesmo?

DICA DE LEITURA

Anúncios

O fim da Primeira Guerra Mundial completa hoje 100 anos (100 Jahre Ende des Ersten Weltkriegs)

Deixe um comentário Padrão

Por: M. Fábia P. V. Willems

paz_12guerras100anos

 

O fim da Primeira Guerra Mundial completa hoje 100 anos. No dia 11 de Novembro de 1918, dentro de um vagão de trem que atravessava a floresta, assina-se o  Armistício de Compiègne (Acordo de Paz), finalizando os confrontos. A guerra causou 10 milhões de mortes e o triplo de feridos.

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Foto: Fim da Segunda Guerra Mundial – Governo Alemão (Bundesregierung Deutschland)

Infelizmente, a paz durou pouco, afinal, há sempre m motivo para se matar. No dia 1 de Setembro de 1939, tem inicio a Segunda Guerra Mundial. Aproximadamente 70 milhões de pessoas perderam suas vidas até 1945, quando um novo acordo foi assinado no dia 2 de Setembro.

Lendo mais sobre o assunto e assistindo à reportagens, percebe-se que a humanidade não aprendeu nada com seus erros e prepara-se bravamente para cair no próximo abismo: a Terceira Guerra Mundial. Por todo lado, o ódio crescendo, os radicais e populista usando difundindo o ódio, aproveitando-se do medo das pessoas para seus ideais racistas e homofóbicos. O pior, usando a religião como desculpa. Acorde-nos! Deus é amor. Tenhamos mais solidariedade e respeito pelas diferenças. Precisamos da Paz!

paz1a1a

IMPERDÍVEL: Não deixe de ler nossas Dicas de Leitura e assistir aos vídeos que selecionamos para você em português e em alemão!

 

DICAS DE LEITURA (LESETIPPS)

 

Sexta-feira! Aprenda como comemorar este dia em outras línguas! (Feiere Freitag in anderen Sprachen – It’s Friday! – Es viernes!)

Deixe um comentário Padrão

Olá! Tudo bem?

Hoje é sexta! Precisamos comemorar!

 

Halli hallo,

wie gehts? 

Heute ist Freitag! Wir müssen das feiern!

Como comemorar a sexta-feira?

Descansando em casa à noite ou saindo para comemorar com os amigos?

Nas capitais do Brasil, as pessoas gostam de viajar para as praias no fim de semana. Certamente, há quem prefira as serras ou visitar familiares no interior.

E você? O que gosta de fazer no fim de semana?

 

Nossa Dica de Leitura de hoje (Unser Lesetipp für heute):

Os dias da semana em 7 línguas – Aprenda agora ! Veja também: Sua Origem & Curiosidades (Die Wochentage in 7 Sprachen – Lerne sie jetzt! – The weekdays in 7 languages – los días de la semana em 7 lenguas)

 

 

A Vacina contra o Ódio & Mafalda – Quadrinhos, Vídeos & Aprendizagem de Línguas (Die Impfung gegen den Hass & Mafalda – Comics, Videos & Sprachen lernen)

Deixe um comentário Padrão

Por M. Fábia P. V. Willems

 

O post de hoje é especial para quem estuda ou leciona línguas e busca novas possibilidades de aprendizagem.

Que tal assistir vídeos, ver filmes e desenhos ou ler quadrinhos (tirinhas)?

Selecionamos hoje uma dica super legal: A Mafalda. Já ouviu falar dela?

Mafalda é uma menina muito esperta e foi criada pelo cartunista argentino Quino (Joaquín Salvador Lavado).

Na tirinha selecionada, ela nos dá uma grande lição sobre o amor e o ódio.

Assista ao filme Mafalda em espanhol ou português, pesquise sobre esta incrível menina em várias línguas nos links selecionados e acrescente mais palavras na Lista de Vocabulário sobre o Amor e o ódio que começamos.

Divirta-se!

 

 

Mafalda em tempos difícies

 

Estamos vivendo tempos difíceis. Crises políticas, crises econômicas, crises entre amigos, crises em família, crises de ideologias, falta de amor.

Já não podemos dizer o que pensamos na escola, no trabalho, na rua, nem em casa. Em que democracia vivemos mesmo?

Por que será que as pessoas não estão mais se suportando?

Porque “Ele” sufocou os homens nas ruas, nas praias até nos bares da esquina:

O ódio!

As famílias já não aceitam que um de seus membros tenham uma opinião diferente. Amigos se distanciam a cada dia com duras palavras. E o mais triste de tudo é que o Ser Humano está esquecendo a ser tolerante, amoroso, solidário.  “Ele” está dominando o Homem!

Mas “Ela” chegou!

Faça como Mafalda e volte a falar sobre Política, Religião ou Imigração!

Vacine-se!

A Mafalda sabe mesmo das coisas!

E você?

O que faz quando uma pessoa chega cheia de ódio perto de você?

Já passou por alguma situação na qual um estranho, parente ou amigo se aproximou de você cuspindo fogo para todos os lados?

Já ficou muito furioso(a) da vida? Como foi e por quê tudo aconteceu? E o problema em questão foi solucionado?

 

DICA LEGAL PARA QUEM APRENDE OUTRAS LÍNGUAS

Tente explicar os fatos e as consequências de um ataque de fúria na língua que você está estudando.

Sugerimos, primeiramente, treinar o vocabulário sobre o tema. Seria legal fazer…

  • uma listinha (veja nosso exemplo abaixo) ou
  • um pequeno rascunho com algumas palavras que considera importantes antes de escrever seu texto ou
  • um esboço com pontos importantes (Quem? Quando? Onde? O quê? Com quem? Por quê?)

Isso ajuda a organizar as ideias.

Bem, boa reflexão ou discussão em grupo.

 

Alguns temas que podem ser abordados nas discussões em grupo:

Amor x Ódio – Relacionamento – Tolerância x Intolerância – Política – Religião – Imigração

Outros quadrinhos para  discussão

desinformadoss.blogspot.com

 

Armandinho no Facebook 13. Oktober 2016

 

 

mentirinhas_845

mentirinhas.com.br   – mentirinhas_845

 

Esperamos que tenha gostado da pauta. Deixe seu comentário em português, espanhol ou em alemão! DEPOIS de se vacinar, se estiver nervosa(o), claro! Comentários contaminados pelo Vírus da Raiva serão apagados 😉

 

Não esqueça:

Nada de racismo, preconceito ou ataques de ódio!

Nem na internet, por favor! Para que distribuir ódio se podemos dividir amor.

 

Vocabulário Português-Alemão

Complete a lista!

 

a família: die Familie

os amigos: die Freunden

a Política: die Politik

a Religião: die Religion

a rua: die Straße

a firma/ o trabalho: die Firma/ das Geschäft

a praia: der Strand

a vacina: die Impfung

o ódio: der Hass

o amor: die Liebe

a tolerância: die Toleranz

ser (in)tolerante: (in)tolerant sein

Vamos lutar contra o ódio: Lass uns gegen den Hass kämfen!

Só o amor é o que conta: Nur die Liebe zählt!

 

Procure outras palavras no DICIONÁRIO ONLINE PONS aqui.

 

Sites para Pesquisa

Conheça melhor essa menina incrível e seu criador, leia novos quadrinhos:

 

Dica de Cinema

 

Que tal assistir a um filminho agora para conhecer melhor a Mafalda?

 

 

Mafalda – La Película (Mafalda – O Filme) – em Espanhol com legenda em Português!!!

Mafalda – Filme Completo – YouTube (Em espanhol com legenda em português)

 

Mafalda – La Película (Mafalda – O Filme) – em Espanhol!!!

Los personajes del dibujante argentino Quino nos presentan un divertido largometraje, con el que podremos disfrutar de sus aventuras mas alocadas, una visión critica del mundo de los adultos que nos hará pasar el mejor de los ratos. Fue realizada en el año 1979 y estrenada en Argentina en el año 1981.
Más películas en http://yerbas-varias.blogspot.com.ar

 

Dica Legal para quem gosta de Quadrinhos

 

15.10: Dia dos Professores no Brasil (Lehrertag – Teachers Day – Día de los Profesores) – Uma poesia especial aos mestres

Deixe um comentário Padrão

 

diadosprofessores2a

 

Queridos,

Vocês ajudam no desenvolvimento saudável de nossas crianças e colaboram na formação todas as outras profissões.

Vocês nos abrem portas diversas, doam amor e são verdadeiros heróis.

A vocês queremos desejar Feliz Dia dos Professores!

OBRIGADO POR TUDO! 

Para adocicar este dia especial, desejamos, com todo o nosso carinho e respeito,

esses lindos versos de Cora Coralina:

 

ELEVAR 

Professor, “sois o sal da terra e a luz do mundo”.
Sem vós tudo seria baço e a terra escura.
Professor, faze de tua cadeira,
a cátedra de um mestre.
Se souberes elevar teu magistério,
ele te elevará à magnificência.
Tu és um jovem, sê, com o tempo e competência,
um excelente mestre.

Meu jovem Professor, quem mais ensina e quem mais aprende?
O professor ou o aluno?
De quem maior responsabilidade na classe,
do professor ou do aluno?
Professor, sê um mestre. Há uma diferença sutil
entre este e aquele.
Este leciona e vai prestes a outros afazeres.
Aquele mestreia e ajuda seus discípulos.
O professor tem uma tabela a que se apega.
O mestre excede a qualquer tabela e é sempre um mestre.
Feliz é o professor que aprende ensinando.
A criatura humana pode ter qualidades e faculdades.
Podemos aperfeiçoar as duas.
A mais importante faculdade de quem ensina
é a sua ascendência sobre a classe
Ascendência é uma irradiação magnética, dominadora
que se impõe sem palavras ou gestos,
sem criar atritos, ordem e aproveitamento.
É uma força sensível que emana da personalidade
e a faz querida e respeitada, aceita.
Pode ser consciente, pode ser desenvolvida na escola,
no lar, no trabalho e na sociedade.
Um poder condutor sobre o auditório, filhos, dependentes, alunos.
É tranquila e atuante. É um alto comando obscuro
e sempre presente. É a marca dos líderes.

A estrada da vida é uma reta marcada de encruzilhadas.
Caminhos certos e errados, encontros e desencontros
do começo ao fim.
Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.
O melhor professor nem sempre é o de mais saber,
é sim aquele que, modesto, tem a faculdade de transferir
e manter o respeito e a disciplina da classe.

 

 

BRASIL |”A FORMIGA E A CIGARRA” RECEBE VERSÃO POLITIZADA NAS REDES SOCIAIS – Veja também as antigas em português e alemão! EXTRA: Exercícios PLE&DaF (“DIE AMEISE UND DIE HEUSCHRECKE” – Alte und neue “politische” Version in Portugiesisch und Deutsch + EXTRA: Übungen PLE-DaF)

Deixe um comentário Padrão

Já ouviu falar de uma fábula chamada “A cigarra e a formiga”? Aquela história em que a formiga trabalha o ano inteiro para ter o que comer no inverno e a cigarra que não fazia nada.

Pois bem, ela reapareceu nas redes sociais por causa das eleições brasileiras, marcada pela intolerância e violência.

Uma de suas cenas sofreu uma adaptação, virando uma piadinha ou uma minuto de reflexão, depende do ponto de vista de quem a lê.

Abaixo, você poderá:

  • assistir um vídeo com uma versão da historinha para relembrá-la e
  • ler três outras versões da fábula em prosa e verso.

Divirta-se, refletindo!

formigaecigarra_fabula

Esta fábula teria sido escrita por Esopo, foi recontada pelo francês Jean de La Fontaine e tinha como nome original “O gafanhoto e a formiga”.

No Brasil, histórias como “A cigarra e a formiga” foram recontadas, pelo escritor Monteiro Lobato, em sua obra Fábulas (no contexto do Sítio do Picapau Amarelo), sendo adaptada à realidade do país.

E quais são os temas desta historinha que quer nos ensinar algo?

Seriam, por exemplo:

  • o valor do esforço e do trabalho,
  • a honestidade e
  • a solidariedade.

Através dos animais e da fantasia, as crianças aprendem valores importantes para se viver em sociedade. Aliás, os adultos também deveriam rever ou reler está historinha com seus filhos, sobrinhos, amigos ou alunos e conversar sobre o assunto.

Vivemos, atualmente, rodeados de coisas que, à primeira vista, encantam. É preciso prestar bastante atenção para não tropeçar nas pedras e cair nas armadilhas de um mundo que está se tornando mais e mail cruel.

Quer ver a fábula “A formiga e a cigarra” em alemão? Então veja nossas Dicas de Leitura no fim do nosso artigo!

Möchtest du dir die Fabel “Die Ameise und die Heuschrecke” in Deutsch sehen oder lesen? Schaue dir dann unsere Lesetipps am Ende dieses Artikels!

 

 

VERSÃO POLITIZADA DA FÁBULA “A FORMIGA E A CIGARRA”

Esta é a versão que circula nas redes sociais, adaptada para o Brasil atual:

eleicao_acigarraeaformiga

Es war einmal eine Heuschrecke, die wütend auf die Ameise war und deswegen das Pestizip gewählt hat. Ende.

 Quem seria hoje a Formiga, a Cigarra e o Inseticida?

Wer wäre heute die Ameise, die Heuschrecke und das Pestizid?

 

 

VERSÃO ORIGINAL E ADAPTAÇÕES 

 

 

A Cigarra e a Formiga – Versão adaptada com música

 

 

A cigarra e a formiga – Versão de Ruth Rocha (2010)

A cigarra passou o verão cantando, enquanto a formiga juntava seus grãos.

Quando chegou o inverno, a cigarra veio à casa da formiga para pedir que lhe desse o que comer.

A formiga então perguntou a ela:
— E o que é que você fez durante todo o verão?
— Durante o verão eu cantei — disse a cigarra.
E a formiga respondeu:— Muito bem, pois agora dance!

 

 

A cigarra e a formiga – Versão de Monteiro Lobato

Houve uma jovem cigarra que tinha o costume de chiar ao pé dum formigueiro. Só parava quando cansadinha; e seu divertimento então era observar as formigas na eterna faina de abastecer as tulhas.

Mas o bom tempo afinal passou e vieram as chuvas. Os animais todos, arrepiados, passavam o dia cochilando nas tocas.

A pobre cigarra, sem abrigo em seu galhinho seco e metida em grandes apuros, deliberou socorrer-se de alguém.

Manquitolando, com uma asa a arrastar, lá se dirigiu para o formigueiro.

Bateu – tique, tique, tique…

Aparece uma formiga friorenta, embrulhada num xalinho de paina.

– Que quer? – perguntou, examinando a triste mendiga suja de lama e a tossir.

– Venho em busca de agasalho. O mau tempo não cessa e eu…

A formiga olhou-a de alto a baixo.

– E o que fez durante o bom tempo, que não construiu sua casa?

A pobre cigarra, toda tremendo, respondeu depois dum acesso de tosse.

– Eu cantava, bem sabe…

– Ah! … exclamou a formiga recordando-se. Era você então quem cantava nessa árvore enquanto nós labutávamos para encher as tulhas?

– Isso mesmo, era eu…

– Pois entre, amiguinha! Nunca poderemos esquecer as boas horas que sua cantoria nos proporcionou. Aquele chiado nos distraía e aliviava o trabalho.

Dizíamos sempre: que felicidade ter como vizinha tão gentil cantora! Entre, amiga, que aqui terá cama e mesa durante todo o mau tempo.

A cigarra entrou, sarou da tosse e voltou a ser a alegre cantora dos dias de sol.

 

 

A cigarra e a formiga – Versão de La Fontaine (1621-1695) 

Tradução de Bocage (1765-1805)

 

Tendo a cigarra, em cantigas,
Folgado todo o verão,
Achou-se em penúria extrema,
Na tormentosa estação.

Não lhe restando migalha
Que trincasse, a tagarela
Foi valer-se da formiga,
Que morava perto dela.

– Amiga – diz a cigarra
– Prometo, à fé de animal,
Pagar-vos, antes de Agosto,
Os juros e o principal.

A formiga nunca empresta,
Nunca dá; por isso, junta.
– No verão, em que lidavas?
– À pedinte, ela pergunta.

Responde a outra: – Eu cantava
Noite e dia, a toda a hora.
– Oh! Bravo! – torna a formiga
– Cantavas? Pois dança agora!

O Livro das Virtudes
Uma antologia de William J. Bennett, 1995

 

 

DICA DE LEITURA (LESETIPPS)

Quer ver a fábula “A formiga e a cigarra” em alemão? Então é só clicar nos sites abaixo!

Möchtest du dir die Fabel “Die Ameise und die Heuschrecke” in Deutsch sehen oder lesen? Klicke dann auf diesen Links:

TEXTO:

VÍDEOS:

 

EXERCÍCIOS PARA FALANTES DE PORTUGUÊS E ALEMÃO

1.Moral da história (Moral/Fazit)

Escreva em português ou em alemão o que aprendemos com esta história. Lembre-se, há várias versões! Compare-as!

(Schreibe auf Portugiesisch oder auf Deutsch was wir mit dieser Geschichte gelernt haben. Vergesse nicht, es gibt verschiedene Versionen! Vergleiche sie mal!)

  • …………………………………………………………………………
  • …………………………………………………………………………
  • …………………………………………………………………………
  • …………………………………………………………………………

2.Exercícios extras de alemão (Extra Übung zum Deutsch lernen)

Perfeito para professores! Inclusive outras versões super engraçadas. Imagine que em uma a cigarra vai viajar para Paris e Rio no inverno! 🙂

PERFEKT FÜR LEHRER! WEITERE COOLE VERSIONEN VON DER GESCHICHTE E INKLUSIV. Stellt dir vor, in einer Version, die Grille verreist im Winter nach Paris und danach nach Rio de Janeiro! 🙂

Folie2

12.10 DIA DAS CRIANÇAS NO BRASIL (Kindertag in Brasilien – Kids Day in Brazil): Poesia “O direito das crianças”, de Ruth Rocha

Deixe um comentário Padrão
🎈 FELIZ DIA DAS CRIANÇAS🎈
 
Queridos amigos,
 
Que a criança dentro de nós esteja SEMPRE viva‼️
Cheios de esperança e brilhantes estejam nossos olhinhos😀
Cheios de amor e perdão, os nossos corações
💓+💓=💓²
 
Um forte abraço,
 
Fabinha & Mani
LINGUACULTURAX.COM
 

kindertag_br_manfabNew Phototastic Collage1

O direito das crianças (Ruth Rocha)

 

Toda criança do mundo deve ser bem protegida

Contra os rigores do tempo                                                                   

Contra os rigores da vida.                                                                           

 

Criança tem que ter nome

Criança tem que ter lar

Ter saúde e não ter fome

Ter segurança e estudar.

 

Não é questão de querer nem questão de concordar

Os direitos das crianças todos tem de respeitar.

 

Direito de perguntar… ter alguém pra responder.

A criança tem direito de querer tudo saber.

A criança tem direito até de ser diferente.

E tem que ser bem aceita seja sadia ou doente.

 

Tem direito à atenção

Direito de não ter medos

Direitos a livros e a pão

Direitos de ter brinquedos.

 

Mas a criança também tem o direito de sorrir.

Correr na beira do mar, ter lápis de colorir…

 

Ver uma estrela cadente, filme que tem robô,
Ganhar um lindo presente, ouvir histórias do avô.

 

Descer no escorregador, fazer bolha de sabão,

Sorvete, se faz calor, brincar de adivinhação.

 

Morango com chantilly, ver mágico de cartola,

O canto do bem-te-vi, bola, bola, bola bola!

 

Lamber fundo de panela

Ser tratada com afeição

Ser alegre e tagarela

Poder também dizer não!

 

Carrinho, jogos, bonecas, montar um jogo de armar,

Amarelinha, petecas, e uma corda de pular.

 

Um passeio de canoa, pão lambuzado de mel,

Ficar um pouquinho à toa… contar estrelas no céu…

 

Ficar lendo revistinha,

Um amigo inteligente,

Pipa na ponta da linha,

Um bom dum cachorro quente.

 

Festejar o aniversário, com bala, bolo e balão!

Brincar com muitos amigos, dar uns pulos no colchão.

 

Livros com muita figura,

Fazer viagem de trem,

Um pouquinho de aventura..

Alguém para querer bem…

 

Festinha de São João, com fogueira e com bombinha,

Pé de moleque e rojão, com quadrilha e bandeirinha.

 

Andar debaixo de chuva,

Ouvir música e dançar.

Ver carreiro de saúva,

Sentir o cheiro do mar.

 

Pisar descalça no barro,                                                         

Comer frutas no pomar,

Ver casa de joão-de-barro,

Noite de muito luar.

 

Ter tempo pra fazer nada, ter quem penteie os cabelos,

Ficar um tempo calada… Falar pelos cotovelos.

 

E quando a noite chegar, um bom banho, bem quentinho,

Sensação de bem estar… de preferência com colinho.

 

Uma caminha macia,                                                                               

Uma canção de ninar,

Uma história bem bonita,

Então, dormir e sonhar…

 

Embora eu não seja rei, decreto, neste país,

Que toda, toda criança tem direito a ser feliz!

 

Fonte: Campolargo.pr.gov.br