BRASIL | Presidente Jair Bolsonaro testa positivo para coronavírus: Aprenda 7 Expressões Idiomáticas que combinam com ele – Em português & alemão! (Brasiliens Präsident positiv auf Coronavirus getestet: Lerne jetzt 7 Redewendung, die perfekt zu ihm passen – In Portugiesisch und Deutsch!)

Hinterlasse einen Kommentar Standard

JÁ ESTÁ SABENDO?

Bolsonaro contaminou-se com o coronavírus!

WEISST DU SCHON?

Brasilians President Bolsonaro infiziert sich mit Coronavirus!


Nada de notícia falsa (Fake New)! Ele mesmo confirmou que testou positivo para covid-19 numa entrevista à TV Brasil.

O presidente disse que recebeu a notícia com naturalidade e que iniciou o tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina, o medicamento tão defendido por ele e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Agora vamos ver se seu histórico de „atleta“ o ajuda a superar a „gripezinha“.

Veja a entrevista completa abaixo e depois veja 7 expressões idiomáticas perfeitas para esse momento:

Entrevista com o presidente Jair Bolsonaro – TV BrasilGov

Enquanto o presidente se recupera, vamos relembrar algumas expressões idiomáticas brasileiras que combina perfeitamente com esse momento. Vamos procurar um correspondente das expressões em alemão ou explicar seu significado:

  1. Quem procura, sempre acha.“ => Tem sentido positivo, como quase sempre em alemão (Wer sucht, der findet!), mas também negativo: Bolsonaro não usa máscara de proteção, nega que o vírus é perigoso, não respeita o distanciamento social, quer que o povo volte ao trabalho o mais rápido possível. Concluindo, procurou o vírus e o encontrou. Uma curiosidade: a expressão é bíblica e pode foi dita por Jesus Cristo (Mt 7,7-11)!
  2. „Quem semeia ventos, colhe tempestade.“ (= Wer Wind sät, wird Stürm ernten.)
  3. „Mais vale prevenir (do) que remediar.“ (=Vorbeugen ist besser als heilen. / Doppelt genäht, hält besser.)
  4. „Quem com ferro fere, com ferro será ferido.“ (=Wer mit dem Schwert kämpft, wird durch das Schwert sterben. ( Wer das Schwert ergreift, der soll durchs Schwert umkommen.)
  5. „Quem viver, verá as voltas que o mundo dá.“ (=Abwarten und Tee trinken). A tradução literal é engraçada: „Esperar e beber chá“.
  6. „Quem ri por último, ri melhor.“ (=Wer zuletzt lacht, lacht am Besten.)
  7. „Fazer tempestade em copo d’água.“ => Significado: Transformar banalidade em tragédia ou ter uma preocupação/reação exagerada a um problema (=Aus einer Mücke einen Elefanten machen.) . Curiosamente, a tradução literal do alemão é bem engraçada: „Fazer de um mosquito um elefante“.
Bolsonaro? Com coronavírus? Mas nós somos imunes! (gifer.com)

Quer aprender mais expressões idiomáticas em português e em alemão? Então clique nos links abaixo:

LEIA TAMBÉM:

Poesia & política brasileiras: Bolsonaro, Moro & Augusto dos Anjos – Do beijo ao escarro

Hinterlasse einen Kommentar Standard

Por:  M. Fábia P. V. Willems

PARA OUVIR O PODCAST DO ARTIGO, CLIQUE NO BOTÃO DO ÁUDIO ABAIXO!

Linguaculturax.com

Língua, Cultura, Atualidade e Curiosidades para você!

Meu nome é Fábia Willems e apresento o tema de hoje:

Poesia & Política brasileiras | Bolsonaro, Moro e Augusto dos AnjosVersos íntimos

Bolsonaro X Moro: „A mão que afaga é a mesma que apedreja“
– Foto: Screenshot – @linguaculturax –

Mais atual do que nunca estão os „Versos íntimos“ do poeta brasileiro Augusto do Anjos.

A decepção em relação aos relacionamentos interpessoais estão no foco de sua poesia. Uma leitura perfeita para Bolsonaro e Moro.

O soneto foi escrito em 1912 e está em Eu, o único livro lançado pelo autor quando tinha 28 anos.

Eu. Um pronome pessoal de primeira pessoa de duas vogais.

Eu, à direita. Eu, à esquerda. Eu, no centrão.

Tudo tem que girar em torno do eu! Você, ele, ela, nós, vós, vocês, eles, elas, prezadas senhoras e prezados senhores, não conjuga mais verbo. Não nesse governo. Quem manda é o „eu“.

„Eu falo, eu digo, eu mando!“ Quem conjugar o verbo na pessoa ou no tempo errado está fora. O modo está no presente, mas o tom é imperativo, podendo variar de positivo a negativo, dependendo do interesse do „eu“.

O que é formidável?

Quem é a pantera?

Quem é a quimera nesta poesia?

A quimera aqui é mostro, animal fantástico, devaneio, uma composição formada por elementos incongruentes, organismo constituído por tecidos ou grupos celulares com origem genética distinta ou peixe-rato mesmo?

Se a fera devorar o peixe, sobra o rato?

Será miserável a terra ou homem?

Qual homem?

De quem é a mão vil que afaga e apedreja?

Quem toma um fósoforo e acende o fogo?

Por que ingratidão?

Quem beija e quem escarra na boca do brasileiro?

Bolsonaro ou Moro?

No nome dos dois faltou „e“, faltou „u“.

Agora é por os pingos nos „is“ e ver quem vai conjugar os verbos com o „eu“ no planalto.

Por enquanto, sobrou desde sexta o tal „Perdeu, playboy!“.

 

Dicas de Leitura

Fique conosco!

Até a próxima!

Coronavírus: Ignorância X Ciência

Hinterlasse einen Kommentar Standard

Por:  M. Fábia P. V. Willems

Em tempos de coronavirus a triste realidade.

A IGNORÂNCIA de alguns governantes ao negarem séculos de conhecimento e pesquisa científica nos deixa simplesmente boquiabertos.

Milhares de pessoas morrendo todos os dias mundo afora e, mesmo assim, ainda há aqueles de consideram a pandemia uma „gripinha“ e preferem acreditar em seus gurus que se formaram na „Universidade dos Idiotas Incrédulos Finge que é Deus e Mata a Todos“.

Falta de cérebro? Falta de empatia? Falta de solidariedade? Falta o Deus Verdadeiro?

O que está acontecendo em alguns países, como Estados Unidos e Brasil choca e emudece por segundos até os grandes mestres da oratória.

Só nos resta rezar, orar, clamar, gritar, protestar?

Senhor, tenha piedade de nós!

Que a união impere!

Que todos lutem pelo bem comum, pelas vidas humanas que podem ser salvas se a inveja, o ciúmes impecíl e a idiotice se afastarem de nós!

Senhor, faça de nós instrumentos de tua paz!

Amém.

„Gripezinha“ e „resfriadinho“ – Os diminutivos em tempos de Coronavírus e Bolsonaro

Kommentar 1 Standard

Por: M. Fábia P. V. Willems

Diminutivos em português (Verkleinerungsformen in Portugiesisch)

„Gripezinha“ e „resfriadinho“ fazem parte das discussões atuais sobre o Coronavírus, o tema número do mundo.

A maioria dos governantes mundiais já se curvou ao poderoso coronavírus que já infectou mais de 823 mil pessoas e matou quase 41 mil até agora.

Screenshot – 31/03/2020 – 6:18:59 p.m. – Coronavirus Resource Center

Mesmo assim, um dos últimos governantes céticos do planeta continua motivando seu povo a sair às ruas. Ele é brasileiro, seu nome é Jair M. Bolsonaro e gosta de usar diminutivos.

O mundo ficou estarrecido ao ver um chefe de estado chamar a pandemia provocado pelo coronavírus de gripinha e resfriadinho em cadeia nacional de rádio e televisão na noite da terça-feira (24.03).

Reprodução – Weltspiegel – ARD (Mediothek) – Video: Brasilien: Verharmlosung statt Krisenmanagment | 29.03.20 | 05:17 Min.
Veja o Pronunciamento oficial na íntegra em português (Planalto) aqui!

Enquanto Bolsonaro tenta governar, ignorando os conselhos dos profissionais de saúde, a imprensa internacional noticia sobre seus nevaneios poupando elogios.

A revista britânica The Economic chamou-o de „BolsoNero“ e escreveu que ele „brinca com a pandemia do novo coronavírus“.

Nero foi o imperador de Roma na época de Jesus Cristo. Àquele que, por insaniedade e fúria, mandou matar bebezinhos e tocar fogo na própria cidade.

Imagem: Reprodução – The Economist – BolsoNero
Brazil’s president fiddles as a pandemic looms

Também nesta linha, o jornal The Guardian classificou o discurso do presidente na tv como “incendiário”.

Imagem: Reprodução – The Gardian

Mas vamos voltar ao uso do diminutivo e às palavras usadas pelo presidente. Ele afirmou que o coronovírus causa uma „gripezinha“ ou um „resfriadinho“. Segundo os especialistas, isso foi minimizar os efeitos devastadores que o vírus pode causar à saúde.

Gripezinha ou gripinha, como também dizemos no Brasil, vem de gripe.

Dica para quem aprende português, como língua estrangeira: a/uma gripe (die/eine Grippe, em alemão; the/a flu, em inglês) Diminutivo: a/uma gripezinha -> gripinha (das/ein Grippchen, em alemão; the/ a little flu, em inglês)

Resfriadinho vem de resfriado, também chamado de constipação.

Dica para quem aprende português, como língua estrangeira:

o/um resfriado (die/eine Erkältung, em alemão; the/a cold, em inglês) Diminutivo: refriadinho (die/ eine kleine/leichte Erkältung, em alemão; the/a littel/ slight cold, em inglês)

Esse -zinho e esse -inho, no final das palavras, dão um tipo efeito especial nas palavras „gripe“ e „resfriado„. Na gramática portuguesa, são denominados sufixos. Os sufixos podem ter sentidos diferentes. Veja nosso resuminho com exemplos mais para a frente!

Vejamos agora quais são os principais sufixos em português:

  • -inho (para as palavras masculinas) e
  • -inha (para as palavras femininas).

O preferido pelo presidente foi o masculino, claro. Como poderia ser diferente!

Mas nós também temos:

  • -zinho e
  • -zinha.

Exemplos:

  • o café -> o cafezinho (der Kaffee -> der Käffchen , em alemão); Maria -> Mariazinha
  • mau (böse/schlecht em alemão; bad/mad, em inglês) -> mauzinho; Jair -> Jairzinho

A palavra em português mais conhecida nos bares pelo mundo está no diminutivo, a famosa caipirinha. Agora,quem sabe, ela recebe uma concorrente, ou melhor, duas: gripezinha e resfriadinho.

Relembrando o exemplo alcóolico:

Caipirinha vem de caipira.

Dica para quem aprende português, como língua estrangeira:

a caipira / o caipira (die Frau/ der Mann vom Land, em alemão)

Diminutivo: caipirinha (das Mädchen vom Land)

Caipirinha também virou o nome de uma bebida típica brasileira, conhecida em todo o mundo, depois der ter sido inventada no campo pelos caipiras. Eles misturaram água ardente (cachaça/ pinga) com limão do seu pomar e açúcar. O gelo chegou bem mais tarde, com outros luxos. Mas por que será que usaram o diminutivo para batizar a bebida? Será que o copo usado na época era pequeno? Ou será que queria usar uma forma carinhosa para chamar aquela bebida tão gostosa?

Bem, seja como for, vale lembrar que nem todas as palavras com -inho/-inha são diminutivos, por exemplo: caminho, sozinho(a), galinha. Além disso, devemos citar que, embora estes sejam os preferidos das pessoas, -zinho/-zinha também são usados.

Para terminar, vale ressaltar que existem outras sufixo para formar os diminutivos em português: acho,culo, ebre, eco, ejo, ela, ete, eto, iço, im, isco, Ito, ote, ucho, ulo, únculo, usco. Se quiser ver mais exemplos sobre esses sufixos e os 4 anteriores, clique aqui ou veja nossa Dica de Leitura 2. Se preferir fazer exercícios, veja nossa Dica de Leitura 3!

Resumo dos diferentes sentidos dos sufixos „-inho/ -inha , -zinho/ -zinha“:

Vamos ver como usar os diminutivos nas ocasiões certas?

Precisamos dos sufixos diminutivos para:

  • diminuir ou minimizar (a gripe -> agripezinha/ gripinha), no caso, podemos chamar também de banalizar (o vírus -> o virusinho);
  • dar ênfase nas coisas (barato -> baratinho);
  • expressar emoção, como o carinho (amor -> amorzinho; Ronaldo -> Ronaldinho; Paula -> Paulinha; amigo, amiguinho);
  • demostrar desprezo (povo -> povinho; mulher -> mulherzinha);
  • ironizar, demostrar descontentamento ou desprezo (Que amiga antipática! -> Que „amiguinha“ antipática! / Que povo! -> Que povinho!);
  • expressar rapidez ou lentidão (rápido -> rapidinho ; devagar -> devagarinho)
  • indicar um curto espaço de tempo (Só um minuto, por favor -> Só um minutinho!).

Quer saber mais sobre as regrinhas de quando usar esses os sufixos -inho/-inha -zinho/-zinha?

Então clique aqui e assista a um vídeo no Youtube Português| DIMINUTIVO – Como usar?Português com Marcia Macedo

Vale a pena ler „O uso do diminutivo no cotidiano da Língua Portuguesa“, de Fernanda de Oliveira Marconi da Costa (UCB)

O diminutivo também pode aparecer de outras formas menos usuais. Leia mais detalhes sobre a formação do diminutivo aqui!

Espero que tenham gostado da leitura até aqui. Abaixo tem mais dicas legais sobre o combate ao coronavírus em 4 línguas para você!

Fique em casa e cuide de sua saúde!

Minimizar ou diminuir os efeitos devastadores que o vírus pode causar à nossa saúde não é uma atitude inteligente. Também pessoas mais jovens podem adoecer, correr risco de vida e, se sobreviverem, podem ficar com sequelas da pneumomia, causada pelo coronavírus.

Confie no seu médico ou na sua médica e nos cientistas. Eles são os especialistas de saúde. Não vamos arriscar nossa vida e a de nossa família por causa de política. Políticos vem e vão. Cuidem-se, por favor!

Fiquem em casa, se possível!

Dicas de Leitura 1 – Repercussão do Pronunciamento de Bolsonaro em relação ao coronavírus na impreensa internacional

Dicas de Leitura 2 – Dicas para combater o coronavírus

Informações para você se proteger contra o coronavírus em português, espanhol, inglês e alemão:

Dicas de Leitura 3 – Para estudantes de Português

Vamos fazer alguns exercícios sobre o diminutivo?

Aqui estão alguns links para você!

BAIXAR EM PDF  Atividades 3º ano 2        PARA SALVAR A IMAGEM, CLIQUE SOBRE ELA E SALVE NO SEU...
40 Atividades com Aumentativo e Diminutivo para Imprimir - Online Cursos Gratuitos

Greta „Pirralha“

Hinterlasse einen Kommentar Standard

JÁ ESTÁ SABENDO?

Greta é agora também uma“pirralha“!

Após criticar o mundo por este permanecer calado diante das atrocidades cometidas contra o meio ambiente, Greta Thunberg ataca diretamente o presidente brasileiro por sua política ambiental, culpando-o pelo assassinato de índios que tentavam proteger a floresta contra o desmatamento ilegal. Na segunda (9), na COP25, ela voltou a mencionar os povos indígenas.

A menina sueca de 16 anos conseguiu irritar o presidente do Brasil, que a chamou de „Pirralha“.

Em resposta bem humorada, ela mudou sua Bio no Twitter por „Pirralha“:

A repercussão nas mídias sociais é diversa, uns, consideram a palavra ofensiva; outros, não. O argumento desses últimos é: „Pirralha“ significa apenas „uma pessoa de pequena estatura“, como „uma criança“ e mandam os demais consultarem um dicionário. Já a imprensa internacional publicou a palavra em português, traduzindo-a em seguida. Resumindo: Considerou sim uma ofensa a uma criança ou adolescente, que apesar de tudo, também sofre de um transtorno chamado Síndrome de Asperg.

Nós consultamos dicionários, inclusive os de sinônimos em 4 línguas, assim como a imprensa internacional e veja o que encontramos para definir uma „pirralha“:

Agora, lhe pergunto:

Se chamassem seus filhos, sobrinhos, alunos ou pessoas queridas assim, seria uma ofensa?

Quer saber mais sobre esse tema e treinar seu inglês, espanhol, alemão ou português?

Então clique nos links da nossa Dicas de Leitura!

Dicas de Leitura

WAS IST LOS IN BRASILIEN ❓WIR ERKLÄREN ES DIR MIT VERSCHIEDENEN DEUTSCHEN REPORTAGEN. (O que está acontecendo no Brasil❓ Nós lhe explicamos com diferentes reportagens alemãs.)

Kommentar 1 Standard

Por:  M. Fábia P. V. Willems

WAS IST LOS IN BRASILIEN ❓

Viele Leute stellen mir zur Zeit diese Frage, deswegen mache ich eine Zusammenfassung mit verschiedenen deutschen Reportagen. Einfach auf die Links unten klicken um clever zu werden 😉

Wenn du Deutsch als Fremdsprache lernst, kannst du sogar deine Sprachkenntnisse mit politischen Themen erweitern ❗️ Also, auf geht’s❗️


O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO BRASIL❓

Muitas pessoas têm me feito esta pergunta nos últimos tempos, por isso fiz um resumo com diferentes reportagens alemãs. É só clicar nos links abaixo para ficar mais esperta/esperto 😉

Se você aprende alemão, como língua estrangeira, pode até mesmo melhorar seus conhecimentos com temas políticos. Então vamos lá❗️