Delícias do Brasil | Tapioca: Origem, Receitas, Curiosidades, Dicas de onde comprar no exterior (Brasilianische Kochkunst)

Comentários 2 Padrão

Por:  M. Fábia P. V. Willems

Tapioca. A delícia que se popularizou em todo o país e está conquistando o mundo.

Ouve-se falar desta especialidade super fit em festas, academias, cursos e bate-papos, inclusive no exterior!

Tem sempre alguém perguntando: “O que é Tapioca?”

E já que os gringos também querem saber, nós vamos responder 🙂

A Tapioca é um dos pratos mais típicos do Brasil e muito apreciada nas regiões norte e nordeste.

Talvez você já tenha experimentado essa iguaria em alguma viagem ou até more onde ela faz parte do dia a dia de todos, mas você conhece suas origens ou sabe do que é feita a tapioca?

Gostaria de aprender a prepará-la na sua casa e provar novos sabores?

Você sabia que existe até música cujo tema é a Tapioca?

Pois agora chegou a hora de descobrir um pouco mais sobre a tão famosa Tapioca.

Boa leitura e bom apetite!

Tapioca

Origem

A tapioca é de origem indígena tupi-guarani e seu nome é derivado da palavra tipi’óka «coágulo», o nome dado para o amido do qual ela é feita. A fécula extraída da mandioca, também conhecida como goma da tapioca, polvilho, goma.

Os povos tupi-guaranis, que ocupavam a faixa litorânea leste do território brasileiro desde o sul até o norte, foram os responsáveis pelo domínio comestível da mandioca, que, produzida sob o sistema da agricultura de subsistência, era a base da alimentação do Brasil até a chegada de Pedro Álvares Cabral.

Poucos anos após o descobrimento, os colonizadores portugueses na Capitania Hereditária de Pernambuco descobriram que a tapioca servia como bom substituto para o pão. Foi assim que a tapioca logo se espalhou pelos demais povos indígenas, como os cariris no Ceará e os Jês, na Amazônia oriental. Ainda, se transformou posteriormente na base da alimentação dos escravos no Brasil. Tudo isso serviu para transformar a tapioca, hoje, num dos mais tradicionais símbolos da culinária por quase todo o nordeste.

 

Você quer saber mais sobre a origem da tapioca, conhecer uma aldeia indígena no Ceará e ainda ver a primeira mulher indígena a virar cacique no Brasil? Então assista o vídeo no Youtube, clicando no link abaixo:

A ORIGEM DA TAPIOCA \ REPORTAGEM LANA SORAYA

Graças a Banda Mastruz com Leite, a Tapioca virou tema musical. Já ouviu esta canção?

Não? Pois então clique abaixo para assistir o vídeo no Youtube:

MASTRUZ COM LEITE – MASSA DE MANDIOCA

Se você quiser quiser ver o vídeo com a letra da música ao mesmo tempo, clique aqui.

Receitas de Tapioca

Há várias maneiras de preparação da massa e os recheios podem ser os mais diversos: salgados e doces. Os mais comuns são: manteiga, queijo, carne seca (separados ou todos juntos) e coco com leite condensado.

Aprenda agora a fazer, passo a passo, deliciosas Tapiocas, clicando abaixo:

Quer mais receitas e com tradução em inglês? Pois veja estas:

Curiosidades, Dicas legais & outras Receitas

Estando em outros países, você pode comprar seus produtos brasileiros online,  digitando em um procurador (por exemplo no Google.com.br) “produtos brasileiros + nome da sua cidade”. Há lojas brasileiras em todo o mundo, mesmo que sejam só virtuais! A mercadoria chega em uns 3 dias.

Na Alemanha, você também pode comprar produtos brasileiros online nos endereços abaixo:

Ou em uma loja ou mercadinho asiático, africano, indiano ou árabe (Mas só encontra alguns produtos!).

Na Alemanha já encontrei nessas lojas, por exemplo:

  • polvilho doce (Tapiocamehl),
  • leite condensado (gezuckerte Kondensmilch),
  • farinha de mandioca (Maniokmehl),
  • leite em pó Ninho (Pulvermilch),
  • manteiga em lata, um tipo de Manteiga de Garrafa (Butter in der Metalldose oder im Glass: Ghee = geklärte Butter),
  • raiz de mandioca (Maniokwurzel),
  • mandioca congelada e pronta para o uso,
  • quiabo (Okra),
  • batata doce (Süßkartoffel),
  • goiaba (Guave) e
  • coentro fresco (frische Koriander).

Onde comprar em Stuttgart?

Há duas lojas portuguesas boas:

  • Mercado da Saudade (em Bad Cannstatt) – Clique aqui para visitar a página web deles!
  • Vinhos portugueses e outros produtos (praticamente no centro de Stuttgart). Pegar o bonde elétrico (U-Bahn) na Estação Central (Hauptbahnhof), linhas U-1 (na direção de Vaihingen), U-5 (na direção de Leinfelden), U-7 (na direção de  Ostfildern) e descer na  Estação Dobelstraße. O mercadinho fica logo ao lado (1 minuto a pé)!
  • Kaschmir – Loja paquistanesa e indiana:  Bad-Straße 15, em Bad Cannstatt (Atrás do Kaufhof)
  • Loja indu (no centro de Stuttgart) dentro de uma das saídas do S-Bahn da Estação Central (Hauptbahnhof) – Para encontrar a loja mais facilmente, entrar dentro do Kaufhof na Rua do Rei (Königstraße), ir ao subsolo na direção aos caixas supermercado, subir as escadinhas para sair da loja, andar 1 minuto e entrar na única loja existe, a indu, logo à direita.

Anúncios

A Lenda da Mandioca (Die Legende des Manioks)

Comentários 5 Padrão

Por: M. Fábia P. V. Willems

Os povos indígenas brasileiros contam e recontam a lenda que deu origem a um alimento fundamental na cadeia alimentícia do índio e de muitos pratos brasileiros: a mandioca.

Do arbustro  aproveita-se a raiz e as folhas para fazer numerosas receitas.

Mas de onde vem a mandioca? Qual sua origem?

Segundo a cultura indígena, sua origem é mística.

Encontrei algumas versões sobre a origem da mandioca e vou recontar duas delas.

Seria muito interessante visitar uma aldeia indígena, pedir para um índio de verdade contar essa história e reescrevê-la do seu jeito depois. Será uma experiência única.

Para saber mais sobre as tribos indígenas do Brasil assista ao documentário selecionado.

Boa leitura e boa viagem!

 

 

 

A Lenda da Mandioca

lenda_da_mandioca

1ª. versão:

Conta-se que uma índia teve uma linda filhinha chamada Mani. Após um ano de vida, a pequena morreu. No local em que ela foi enterrada, nasceu uma bonita planta. A mãe chamou-a de maniva, em homenagem à filha. Os índios passaram a utilizar a tal planta para fabricar farinha e cauim, uma bebida de gosto forte. A planta ficou conhecida então como mandioca, mistura de Mani e oca (casa de índio). Tornou-se um símbolo de alegria e abundância por ser tão útil – das folhas às raízes – aos índios.

2ª. versão:

Em épocas remotas, a filha de um poderoso tuxaua foi expulsa de sua tribo e foi viver em uma velha cabana distante por ter engravidado misteriosamente. Parentes longíquos iam levar-lhe comida para seu sustento, assim a índia viveu até dar a luz a um lindo menino, muito branco o qual chamou de Mani. A notícia do nascimento se espalhou por todas as aldeias e fez o grande chefe tuxaua esquecer as dores e rancores e cruzar os rios para ver sua filha. O novo avô se rendeu aos encantos da linda criança a qual se tornou muito amada por todos. No entanto, ao completar três anos, Mani morreu de forma também misteriosa , sem nunca ter adoecido. A mãe ficou desolada e enterrou o filho perto da cabana onde vivia e sobre ele derramou seu pranto por horas. Mesmo com os olhos cansados e cheios de lágrimas ela viu brotar de lá uma planta que cresceu rápida e fresca. Todos vieram ver a planta miraculosa que mostrava raízes grossas e brancas em forma de chifre, e todos queriam prová-la em honra daquela criança que tanto amavam. Desde então a mandioca passou a ser um excelente alimento para os índios e se tornou um importante alimento em toda a região.

3ª. Versão: A história que você ouviu de um índio de verdade:

………………………………………………………………………………

.…………………………………………………………………………….

……………………………………………………………………………..

……………………………………………………………………………..

…………………………………………………………………………….

…………………………………………………………………………….

…………………………………………………………………………….

……………………………………………………………………………

……………………………………………………………………………

 

4ª. Versão: A Lenda da Mandioca em Áudio

 

 

Resumindo…

O nome “mandioca” significa…

Mani = nome do índiozinho ou indiazinha
Oca = casa índigena
Mandioca = casa de Mani

 

 

Veja também: “Índios do Brasil”

A maioria dos brasileiros não sabe muito sobre os índios de seu próprio país. Eles lutaram contra a violência e as inúmeras doenças do branco. Sobreviveram à massacres, suportaram muitas humilhações e vivem, hoje, em sua maioria em extrema pobreza. Sua cultura deveria ser mais protegida e estudada. Muitas dos problemas da sociedade moderna e a cura de muitas doenças podem estar escondidas, não só na floresta, mas também no conhecimento milenar dos nativos do Brasil. 

Vamos aprender com eles! Que tal assistir a um documentário sobre os Índios do Brasil?

Você vai adorar! Confira!

 

Documentário – Índios no Brasil [serie completa – 2 hs 57 min]

 

 

 

Leia também:

Indianer in Brasilien(Índios em foco) – Em Português!

A Mandioca na Cultura Brasileira (Origens, Lendas & Receitas)– Em Português!

 

 

Fontes

http://www.klickeducacao.com.br/conteudo/pagina/0,6313,POR-882-4564-,00.html

http://www.recantodasletras.com.br/artigos/3198730

http://letras.mus.br/guerreiros-mura/684333/

http://www.qdivertido.com.br/verfolclore.php?codigo=11

Lendas Folclóricas: Mandioca