Prefiro feijão, vacina no braço e livro na mão! Fuzil, não!

Hinterlasse einen Kommentar Standard

Feijão ou fuzil? Eis a questão!

Mas por que estão falando sobre isso nas redes sociais? Entenda a confusão política de comida X arma e receba Dicas de Leitura, Cinema em Casa para as crianças e Culinária Brasileira – Tudo com o astro dos últimos dias: o feijão.

Nesta semana apareceu a polêmica que gerou mais hastags famosos no Twitter: #prefirofeijão ou #prefirofeijao

Mas por que isso?

Tudo começou quando o Presidente do Brasil soltou mais uma das suas: Dizer que só um „idiota“ deixa de comprar um fuzil para comprar feijão.

Veja o vídeo e ouça bem as palavras de quem está fazendo churrasco de picanha com os amigos ruralistas milionários, enquanto o povo entra na fila do osso para fazer uma sopa:

Créditos: Band Jornalismo

Trancrição:

“Tem que todo mundo comprar fuzil, pô. Um povo armado jamais será escravizado. Tem um idiota que diz: cê tem que comprar feijão. Cara, se você não quer comprar fuzil, não enche o saco de quem quer comprar”.

Motivar a população a comprar armas, em meio a uma crise inconstituional é um absurdo! Mais urgente seriam se empenhar para pôr, por exemplo:

  • comida no prato,
  • vacina no braço e
  • livro na mão das pessoas

Seria mais útil se tivesse o mesmo empenho para criar mecanismos a fim de

  • gerar mais empregos,
  • diminuir a inflação
  • baixar o preço dos alimentos, do gás de cozinha, da gasolina, da água, da energia elétrica e
  • melhor da economia.

Enquanto Bolsonaro „viaja“ em suas alucinações, sem se solidarizar com o povo, mesmo dizendo-se cristão roxo! Os preços só aumentam e a inflação não parece incontrolável, assim como ele.

Excelentíssimo Presidente, nós, com certeza, preferimos: feijão!

NOSSA DICA MUSICAL DE HOJE:

Já diz o velho ditado: „Quem canta, seus males espanta!“

Pois cantemos:

O Preto Que Satisfaz (Feijão Maravilha) – As Frenéticas – Para ver a letra da música clique aqui!

NOSSAS DICAS ESPECIAIS: TUDO COM FEIJÃO 🙂

Para ler (adultos):

Para cozinhar

Para ler (infantil)

João e o Pé-de-Feijão, o conto inglês, que contem muitas outras narrativas tradicionais, possui diversas versões. A mais conhecida, de Joseph Jakobs, datada de 1890 corresponde ao primeiro link da nossa lista. Divirtam-se!

Para imprimir:

Nosso Arquivo no Pinterest: Atividades P/ Crianças (em português) | Veja também outros arquivos para o ensino e aprendizagem de línguas, principalmente de Português e Alemão – pinterest.de/linguaculturaxfabia/

Para assistir, comendo pipoca (Infanto-Juvenil)

Brasil 2017: A diferença entre „dizer“ e „falar“

Kommentare 2 Standard

Por: M. Fábia P. V. Willems

 

Olá pessoal!

Hoje vamos falar sobre a diferença entre „falar“ e „dizer“.

Vocês também já tiveram essa dúvida?

Ao contrário do que muitos pensam, essas palavras não são sinônimas. Enquanto „falar“ significa „dizer palavras, ter o dom da palavra“, „dizer“ tem um poder declarativo, isto é, afirmamos algo com ele. Sendo assim, quem pode falar tem muito a dizer.

Veja os exemplos abaixo para tirar suas dúvidas, veja a reportagem e ouça uma música:

Créditos: Professora Fábia Willems – linguacultura.wordpress.com

Veja também:

 

Diga não ao Leão! Chega de pagar tantos impostos!

Veja o que estão fayendo com o povo brasileiro:

RedeTV News – Märço 2017

 

Revoltante, não?

 

Agora um pouco de música:

„Se eu quiser falar com Deus“, de Gilberto Gil

DVD Eletroacústico – Vídeo: Youtube.com.br

E aí? As coisas ficaram mais claras agora?

Deixe seu comentário e outros exemplos pra gente!